Home » Notícias » Após escândalo, bispo recomenda que padres evitem redes sociais

Após escândalo, bispo recomenda que padres evitem redes sociais

    Foto: Saulo Garcez / Campos 24 Horas/arquivo
Dom Roberto 1
Por: Fabiano Venancio

O Campos 24 Horas ouviu, nesta segunda-feira(30), o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Ferrería Paz, sobre o caso do padre, da paróquia de Natividade, que aparece nu em uma foto compartilhada no WhatsApp. A foto, que teria sido divulgada por uma mulher que se relacionava com o sacerdote,  deixou católicos da região escandalizados.

Dom Roberto diz que ficou triste com o caso, ressalta que a  sociedade não pode perder os comandos morais e confirma que o padre foi afastado por um ano de suas funções sacerdotais. O bispo ainda revela que fez uma recomendação especial aos padres da região: “Os padres devem evitar as redes sociais. Não é um território amigável, pois não sabemos com quem estamos falando. Um padre tem de se resguardar moral e espiritualmente. Nas redes sociais, tudo que postamos pode ser usado por pessoas que querem atacar a igreja”, afirmou Dom Roberto.

Veja a entrevista:

Campos 24 Horas – Além de ser afastado por um ano de suas funções sacerdotais, há outras sanções que o padre pode sofrer?

Dom Roberto Ferrería – Evidentemente o processo de apuração não está terminado. Após denúncias e se for comprovado outros fatos, serão adotadas outras sanções. Ele não é o responsável de colocar essas fotos, digamos, publicar para o público. Isso foi autoria de outra pessoa. Evidentemente se ele tirou fotos e enviou para outra pessoa, cometeu um crime do sexto mandamento, faltou com suas funções sacerdotais.

C24H – Como a igreja investiga esse tipo de caso. Como o procedimento canônico termina?

Dom Roberto – O caso está sendo investigado pelo Tribunal de Doutrina da Fé. Já houve um decreto penal, que é a suspensão de um ano do decreto de ordem. Ele já foi sancionado e afastado de ordem. O padre cometeu um ato de comportamento grave. Estamos apurando os fatos até mesmo para dar uma resposta a comunidade de Miracema que ficou completamente escandalizada com o acontecido.

Dom Roberto 3C24H – Há investigação em curso referente a algum caso semelhante na região?

Dom Roberto – Não, nunca tivemos nada parecido na região. O padre desse caso recente se mostrou arrependido. A igreja não é conivente com esta ação, devido a pessoa estar oferecendo o corpo como um objeto. É um grande pecado. É uma falta grave contra a castidade. O padre é obrigado a ser um exemplo moral. Evidentemente, ele quebrou essa confiança, quebrou toda confiança que é depositada nele.

C24H- O padre se mostrou arrependido?

Dom Roberto – O fato se tornou público e ele mesmo confessou e disse estar arrependido. O padre reconhece as fotos que foram postadas por uma mulher, que ele diz que não sabe quem é. Os elementos fundamentais já estão em posse do público.
Na região, não teve nenhum tipo de caso parecido, são casos extremamente raros. Isso mostra um mundo diferente que começamos a digerir, que é o mundo virtual. As pessoas as vezes perdem a noção e acabam perdendo até mesmo a identidade. Um novo campo que atrai os jovens e até mesmo destrói casamentos, também nessa cultura selfie.

C24H -Diante desse caso, o senhor emitiu alguma recomendação especial aos padres?

Dom Roberto –  O padre deve ter um comportamento de respeito e exemplo para comunidade. Assim que devem ser as atitudes morais de um sacerdote. Com as mídias como Facebook e Whatsapp, nunca sabemos com quem estamos falando. Os padres devem sempre estar resguardos.  Os padres devem estar obrigados a ser um exemplo moral e evitar as redes sociais.

C24H – O padre ignorou os preceitos do Vaticano e o que prega o Papa Francisco?

Dom Roberto – O padre estava agindo como uma pessoa humana, mas no caso do sacerdote, temos que comandar a linha sacerdotal. Eu fiquei muito triste com tudo isso. Eu não julgo, só julguei o ato. Todos nós podemos cair também. Hoje, existe mais do que em outros tempos uma vigilância permanente em relação ao mundo. Estamos em uma sociedade que perdeu os comandos morais. Nós sacerdotes estamos buscando manter os pequenos e grandes valores.

Padre de MiracemaRelembre o caso

O padre  teria alegado que chegou a manter relação com uma mulher e que o contato aconteceu somente através de redes sociais. O sacerdote ainda teria reveladoque o vazamento da foto teria sido uma armadilha para prejudicá-lo.

Outra versão, contudo, dá conta de que após um suposto fim de relacionamento com o padre, a mulher começou a enviar  fotos que foram compartilhadas.

Segundo um membro da igreja de Natividade, o padre estava à frente da igreja da cidade há apenas duas semanas. Ele assumiu a função após a morte do pároco local. Até então o mesmo exercia suas funções na matriz de Miracema.

Fonte: Campos 24Horas

Unidas Farma JF Braz 1 Unidas Farma JF Braz 2 Unidas Farma JF Braz 3

Veja também

Curso de Capacitação para Diretores Escolares

A Secretaria de Educação de Porciúncula, em parceria com Natividade e Varre-Sai ofereceu Curso de …

Concurso da CODESP é suspenso por decisão judicial

Concurso da CODESP seria realizado neste próximo domingo (30). Decisão liminar suspende o certame até …

Eleições em Natividade: Saiba quem são os candidatos

Eleições em Natividade: Veja a lista com os nomes e números dos candidatos a prefeito, …