Home » Destaques » Febre maculosa no Noroeste deixa Secretaria Estadual de Saúde em alerta

Febre maculosa no Noroeste deixa Secretaria Estadual de Saúde em alerta

Com 85 casos suspeitos e 3 mortes confirmadas no Noroeste Fluminense, Secretaria Estadual de Saúde já admite a possibilidade de um surto de febre maculosa na região.

O elevado número de casos suspeitos investigados, registrados nos municípios de Natividade, Varre-Sai, Itaperuna, Porciúncula e Bom Jesus do Itabapoana, fizeram com que o sinal de alerta fosse emitido na região.

Campanha ainda incipiente e tímida tem sido deflagrada nos municípios envolvidos com os casos, mas, por força de lei, nenhuma ação concreta pode ser desenvolvida para controlar o grande número de capivaras, principal hospedeiro do carrapato estrela.

adadadadadad

Por falta de um predador natural e com abundância de alimentos às margens dos rios, o mamífero tem se reproduzido de forma assustadora e hoje, frequentemente, bandos inteiros são vistos em áreas urbanas, muitas delas inclusive, atacando plantações em propriedades rurais ribeirinhas.

Como a caça da capivara é proibida por lei, sendo inclusive o crime tipificado como inafiançável, os poderes públicos dos municípios atingidos pelo problema só tem a prerrogativa de orientar a população através de campanhas e placas de aviso, o que de pouco ou nada adianta para resolver o problema.

febre maculosa

Segundo um técnico da Emater, que não quis se identificar, a medida ideal para o controle demográfico da capivara, seria a liberação da caça, por um determinado período de tempo, para que a superpopulação seja controlada, mas, segundo ele, a autorização para tal depende de lei federal, o que foge da alçada dos municípios.

A demora na apresentação da confirmação dos casos suspeitos da doença, que necessitam de criteriosa análise laboratorial na FIOCRUZ, no Rio de Janeiro, deixam a população apreensiva, mas só após os resultados se pode fazer uma análise segura sobre as taxas de incidência da doença e se há, ou não, a hipótese de surto de febre maculosa na região.

carrapato-101

Em todos os municípios onde foram registrados casos suspeitos da doença, técnicos da Vigilância Epidemiológica estadual e agentes municipais de Saúde estão fazendo coleta de carrapatos da espécie Amblyomma cajennense, popularmente conhecido como carrapato estrela, transmissor da doença.

Ao chegar de locais onde pode haver carrapatos é necessário um minucioso exame no corpo
Ao chegar de locais onde pode haver carrapatos é necessário um minucioso exame no corpo

A recomendação é para que se evite, sempre que possível, transitar em locais onde possa haver carrapatos, como pastos, beira de rios e lagoas. Caso seja necessário frequentar estes locais, é necessário que, ao chegar em casa, se fazer um minucioso exame em todo o corpo para verificar se está sendo picado por algum carrapato. Recomenda-se também, que se for necessário frequentar áreas consideradas de risco, o uso de roupas claras (que facilitam a visualização dos carrapatos), botas e meias por fora das calças compridas (Que dificultam o contato do carrapato com o corpo).

Animais domésticos, como cães e gatos, também podem ser hospedeiros do carrapato estrela
Animais domésticos, como cães e gatos, podem ser hospedeiros do carrapato 

É necessário observar, que a capivara não é o único hospedeiro do carrapato estrela, ele também é encontrado em bois, cavalos, cães e até gatos, devendo-se, nesta época de estiagem (onde a proliferação do carrapato é maior), usar carrapaticida nos animais domésticos.

A febre maculosa é uma doença que tem cura, mas, seu diagnóstico é complexo, pois os sintomas iniciais podem facilmente ser confundidos com uma forte gripe, o que pode ocasionar um diagnóstico tardio, fazendo com que a doença venha a evoluir de forma grave, muitas vezes levando o paciente a morte.

É bom lembrar, que a pessoa pode levar até uma semana para apresentar os primeiros sintomas da doença, mas também vale ressaltar, que só o carrapato INFECTADO transmite a doença e para isto, ele precisa ficar mais de 4 horas picando sua vítima.

Se você esteve em áreas de risco, foi picado por carrapato e apresenta estado febril, procure imediatamente o Posto de Saúde de seu município.

Matéria:Marco Avellar

Fotos: Facebook/Conexão Noroeste

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja também

Como votou o Noroeste Fluminense para governador no primeiro turno

Após a apuração do primeiro turno, dos 13 municípios do Noroeste Fluminense, veja em quantos …

Como votou o Noroeste Fluminense para presidente no primeiro turno

Veja como votou cada um dos 13 municípios do Noroeste Fluminense e veja em quantos …

Faetec abre inscrições para 1312 vagas no Norte e Noroeste do Estado

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência …

Um comentário

  1. Pingback: wonga payday loan