Home » Esportes » Automobilismo » F1: Felipe Massa 200 GPs…

F1: Felipe Massa 200 GPs…

leandro

O único piloto brasileiro na Fórmula 1 completa hoje 200 GPs na Inglaterra, local onde nasceu o esporte a motor. Vou colocar abaixo, números e informações importantes da carreira do piloto e algumas fotos do que aconteceu ontem no MotorHome da Willians, com presença de pilotos e mecânicos de várias equipes.

10484130_532528503525535_1304010710960174868_n

Sauber: Em 2002 teve sua estreia na Fórmula 1 na equipe Sauber. Com todas as vagas preenchidas para o campeonato de 2003, Massa acabou sendo piloto de testes da Ferrari. Felipe retornou como titular em 2004 novamente pela equipe Sauber ficando até 2005. No mesmo ano, Rubens Barrichello anuncia sua saída da equipe italiana, posto que é ocupado por Felipe Massa em 2006, sendo companheiro de equipe de Michael Schumacher.

d05usa1124

 Ferrari:  Já no seu primeiro ano pela Ferrari, Massa alcançou sua primeira vitória na categoria no Grande Prêmio da Turquia (27 de agosto de 2006), ficando em terceiro lugar no campeonato.

Felipe Massa ganhou em casa o Grande Prêmio do Brasil em 22 de outubro de 2006, sendo o primeiro brasileiro a vencer em Interlagos desde Ayrton Senna, em 1993. Foi a 90ª vitória brasileira na Fórmula 1. Com a aposentadoria de Schumacher, Felipe teve chances de brigar pelo título do Campeonato Mundial de Fórmula 1 em 2007, mas, devido a problemas durante a temporada, acabou em quarto lugar. Em 2008, pela primeira vez na carreira, assumiu, após vencer na França, a liderança do Mundial, entrando na história, como primeiro piloto brasileiro a liderar o campeonato depois de Ayrton Senna, em 1993.

Felipe Massa terminou como Vice-Campeão Mundial de F1 de 2008, a um ponto do Lewis Hamilton. O título foi decidido na penúltima curva da última volta da última corrida da temporada, o Grande Prêmio do Brasil, vencido por Felipe. Na ocasião, já tinha começado a chover e todos os seis primeiro pilotos do grid, já estavam de pneus intermediários, exceto o alemão Timo Glock, que estava na quarta posição. Faltando três voltas para o fim Sebastian Vettel ultrapassou Glock, que caiu para quinto lugar. Na penúltima curva, da última volta Timo Glock, ainda de pneus slicks (pneus para pista seca), não tracionou o carro direito e Lewis Hamilton, concorrente ao título, que vinha no “desespero”, ultrapassou o alemão (no momento em que Felipe Massa já tinha vencido a corrida), indo à quinta posição, colocação que deu o título a Hamilton, por um ponto.

O Acidente: Durante o treino classificatório para o Grande Prêmio da Hungria, em 2009, Felipe Massa foi atingido na cabeça por uma mola que se soltou do carro de Rubens Barrichelo. O piloto brasileiro ficou inconsciente e colidiu contra a proteção de pneus. Dois fatos comprovam que Massa ficou inconsciente: ele não soltou o volante do carro no momento da colisão (prática comum para se evitar fraturas) e a transmissão relatava que ele estava freando e acelerando ao mesmo tempo.

Após o resgate de helicóptero, foi levado para o Hospital Militar de Budapeste, onde foram diagnosticadas fraturas no crânio e uma pequena lesão cerebral. O piloto teve de passar por uma cirurgia e chegou a ficar em coma induzido e respirando com a ajuda de aparelhos.

A mola que acertou o piloto da Ferrari era de aço, media 12 cm de diâmetro e pesava 800 gramas, componente do carro da Brawn GP. O impacto foi equivalente a 152 kg, considerando a velocidade do carro a 280 km/h (média em que é realizada a curva quatro de Hungaroring).

Após 9 dias do acidente, o piloto deixou o Hospital de Budapeste caminhando e embarcou para o Brasil. Chegando a São Paulo foi internado no Hospital Albert Einstein, onde passou por uma série de exames que descartaram a necessidade de uma nova cirurgia e no dia seguinte recebeu alta.

Michael Schumacher chegou a ser anunciado para ser o substituto de Massa no grande prêmio da Europa, em Valência, na Espanha mas por não ter se recuperado completamente das lesões causadas por um acidente de moto em fevereiro acabou desistindo de retornar as pistas. O substituto de Massa nos grandes prêmios da Europa e da Bélgica foi o italiano Luca Badoer, que ficou em último lugar nas duas etapas (tanto no grid quanto na corrida). Por este motivo, Badoer não foi substituto de Massa a partir do GP da Itália em 13 de setembro. A partir de então, até o final da temporada, o substituto do piloto brasileiro foi o também italiano Giancarlo Fisichella.

A temporada de 2013 marcou o fim de seu vínculo com a Ferrari. Em 11 de setembro de 2013 Massa anunciou em seu Twitter que não continuará na equipe a partir de 2014 e que procura outra. No mesmo dia, a própria Ferrari também confirmou oficialmente que Kimi Räikkönen seria seu substituto.

Felipe_Massa_2012_Malaysia_Qualify

Williams: Em 11 de novembro de 2013 Massa anunciou oficialmente que correria pela equipe Williams F1 a partir da temporada de 2014, tendo o finlandês Valtteri Bottas como companheiro de equipe. “A Williams é uma das mais bem-sucedidas e importantes equipes da história da Fórmula 1. Quando eu era criança, sonhava em correr pela Williams, Ferrari ou McLaren”, expressou Massa por meio de seu site oficial.Durante a pré-temporada, Massa andou bem com o novo modelo da Williams, marcando o melhor tempo do quarto dia da primeira seção de treinos, realizada em Jerez de la Frontera e depois, novamente, no terceiro dia da terceira seção, em Sakhir, no Bahrein.

10314507_532311616880557_2444442108144832235_n

 

Números de Felipe na Fórmula 1
Temporadas 2002, 2004
Equipes Sauber, Ferrari, Williams
GPs disputados 201 (199 largadas)
Vitórias 11
Pódios 36
Pontos 846
Pole positions 16
Voltas mais rápidas 15
Primeiro GP GP da Austrália de 2002
Primeira vitória GP da Turquia de 2006
Última vitória GP do Brasil de 2008

 

Comemoração ontem no MotorHome da Willians:

10406441_532494260195626_7261833651020031543_n

10407907_532282436883475_139613303259012817_n

 

 

 

 

 

Veja também

F1: O Multi-campeão Michael Schumacher saiu do coma e deixa hospital de Grénoble.

            Assessora de imprensa de Michael Schumacher confirmou por meio …

F-1: Sergio Pérez foi considerado culpado no acidente com Felipe Massa no GP do Canadá.

        Neste domingo (8), durante a última volta da corrida, o mexicano …

F1: Roberg é Pole e Massa larga em 5º.

O Circuito Gilles Villeneuve dessa vez viu Nico Rosberg ser o mais rápido. É o …