Home » Notícias » Frio diminui no Sudeste mas temperatura continua baixa

Frio diminui no Sudeste mas temperatura continua baixa

 Frente fria se afasta mas continua frio nas madrugadas. À partir do início da semana, as noites serão menos geladas e tardes cada vez mais quentes

O ar polar intenso se afastou o que facilita o aquecimento do ar sobre o Sudeste do Brasil, neste penúltimo fim de semana de julho. Porém, as madrugadas continuam frias na Região, tanto no sábado (22), quanto no domingo (23).

De acordo com os meteorologistas, há previsão para formação de nevoeiro nas primeiras horas da manhã, nas áreas serranas e de vale e, também na Grande São Paulo, Grande Vitória e Grande Rio. Atenção, nas estradas!

 

 

Baixa umidade do ar

O ar seco ganha força e os níveis de umidade estão em queda no Sudeste o que inibe a formação de nuvens no decorrer do dia, principalmente pelo interior dos estados. Até o domingo, as noites serão menos geladas e tardes cada vez mais quentes se comparado ao início da semanaPelo interior dos estados, a umidade relativa do ar pode alcançar níveis entre 20% e 30% e a secura do ar pode incomodar a população.

 

No sábado (22), pode garoar à noite na cidade de São Paulo. Não estranhe. É por causa de ventos marítimos que sopram mais fortes do mar e trazem um pouco de umidade para as áreas próximas ao litoral paulista e sem influência no interior do estado.

 

 

Geada

No sábado (22), há condições para ocorrência de geada nas áreas mais elevadas da serra da Mantiqueira, principalmente Maria da fé e Campos do Jordão.

Fonte: Climatempo

 

unidas farma Jose Tannus 2

Veja também

Chuvas em Minas Gerais devem continuar até domingo

Segundo a agência Climatempo, as chuvas em Minas Gerais não vão parar nos próximos dias. …

Chuvas na Região Sudeste deverão durar até o dia 5

Nuvens muito carregadas crescem e devem provocar chuvas na região Sudeste até dia 5 de dezembro. …

Chuva no RJ supera 100 mm em 24 horas

Em Angra dos Reis e na capital, o total acumulado de chuvas superou os 100 …

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: