Home » Destaques » Massa polar traz recorde de frio em várias capitais

Massa polar traz recorde de frio em várias capitais

Segundo a agência Climatempo, a massa polar que está derrubando as temperaturas pode trazer novos recordes de frio durante esta semana

Os efeitos de uma grande e forte massa de ar de origem polar são sentidos no Sul, no Sudeste, no Centro-Oeste e no Nordeste do Brasil. Seu ar gelado vem derrubando a temperatura desde o sábado, 1 de julho, e nesta segunda-feira (3). Várias capitais brasileiras registraram recorde de baixa temperatura.

 

Os recordes já eram esperados pelos meteorologistas da Climatempo e vão ocorrer outras vezes até o fim desta semana.

Confira as capitais que podem ter recorde de baixa temperatura nesta terça-feira, 4 de julho:

Brasília (DF)duplo recorde de frio, com a madrugada e a tarde mais fria do ano, com temperatura mínima em torno de 10°C.

Goiânia (GO)duplo recorde de frio, com a madrugada e a tarde mais fria do ano, com temperatura mínima em torno de 10°C.

Belo Horizonte (MG): duplo recorde de frio, com a madrugada e a tarde mais fria do ano, com temperatura mínima em torno de 10°C. Se ocorrer, será pelo segundo dia consecutivo.

São Paulo (SP)madrugada mais fria do ano, com temperatura mínima abaixo de 10°C.

Rio de Janeiro (RJ)madrugada mais fria do ano, com temperatura mínima abaixo de 10°C, com temperatura mínima próxima de 10°C.

Vitória (ES)possibilidade de duplo recorde de frio, com a madrugada e a tarde mais fria do ano.

Salvador (BA)madrugada mais fria do ano, com temperatura mínima abaixo de 20°C.

Aracaju (SE)madrugada mais fria do ano

Recorde de frio no Rio de Janeiro

A temperatura máxima na cidade do Rio neste domingo, dia 02, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia foi de 22,1°C na Marambaia. Com essa temperatura a cidade do Rio bate o recorde de tarde mais fria do ano até o momento. Lembrando que o recorde anterior era de 22,2°C nos dias 28 de abril e 10 de junho, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Pelo menos até a quarta-feira, dia 05, temos máximas não passando de 22°C, ou seja, mais recordes de tarde fria estão previstos na Capital.

Na segunda-feira, o predomínio é de céu nublado a encoberto e previsão de chuva de até moderada intensidade no litoral e Região Serrana. Nas demais áreas, há possibilidade de chuviscos. Temperatura máxima não passa de 20°C na cidade do Rio.

Na terça-feira, o sol aparece brevemente em alguns momentos do dia, mas ainda há previsão de chuva passageira no litoral. Temperatura máxima não passa de 21°C na cidade do Rio.

Na quarta e na quinta-feira, ainda há previsão de algumas pancadas na capital, mas a tendência é do sol ir ganhando força no decorrer da semana.

Apenas na sexta-feira o tempo volta a ficar mais firme no Rio de Janeiro.

 

Recorde de frio também em Vitória

Vitória teve novo recorde de frio nesta segunda-feira, 3 de julho, com temperatura mínima de 16,1°C. O recorde anterior era 16,2°C e foi registrado nos dias 13 de maio, 20 de junho e 1 de julho. Hoje, a menor temperatura no Espírito Santo foi 9,4°C em Santa Teresa, na região serrana. 

Os ventos por vezes fortes sentidos no domingo na capital capixaba foram provocados por esta forte massa de ar de origem polar que chegou ao Brasil no início de julho e já pode ser considerada a terceira mais forte da temporada de outono/inverno de 2017. O aeroporto de Vitória teve rajadas de até 57 km/h neste domingo. O vento gelado desta massa polar vai soprar durante toda semana sobre a Região Sudeste. Todo o estado fica muito úmido, com muitas nuvens e condições para chuva fraca.

 

Recordes de frio em capitais em 3 de julho

Em Belo Horizonte houve um duplo recorde de frio: a tarde e a madrugada mais fria do ano. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 11,8°C de temperatura mínima e máxima de apenas 19,6°C. A tarde de 3 julho foi a mais fria do ano até agora em São Paulo, com temperatura máxima de 15,8°C. Em Brasília, a temperatura máxima foi de 22,2°C e igualou o recorde de menor máxima registrado no dia 26 de junho.

O vento frio desta forte massa polar foi sentido nesta segunda-feira em fortes rajadas na costa da Bahia e derrubou a temperatura em Salvador. O aeroporto da capital baiana registrou várias rajadas entre 48 km/h e 55 km/h. A tarde de 3 de julho foi a mais fria do ano até agora com máxima de apenas 24,3°C. O recorde anterior de 24,7°C em 30 de junho.

Com informações: Climatempo

 

Veja também

Zona de Convergência traz mais chuva para a região

Zona de Convergência causa concentração das áreas de nebulosidade chuva no Sudeste. Muitos locais podem …

Frente fria traz muita chuva para parte do Sudeste

Frente fria deve trazer chuva já a partir deste fim de semana, prolongando-se por vários …

Outubro termina com chuva na região Sudeste

A chuva na região Sudeste deve continuar nesta terça-feira. No Noroeste Fluminense, a previsão é …