Home » Destaques » Nossos amigos Rosana e Reis em Santa Cruz Cabrália, onde o Brasil começou

Nossos amigos Rosana e Reis em Santa Cruz Cabrália, onde o Brasil começou

Um dos pontos turísticos considerados “obrigatórios” para quem quer conhecer o Brasil é, sem dúvida, o sul da Bahia, mais precisamente  Santa Cruz Cabrália, onde o navegador português, Pedro Alvares Cabral, aportou a primeira vez em terras tupiniquins.

Em Cabrália, foi rezada a primeira missa no Brasil, celebrada por Frei Henrique de Coimbra, capelão da frota de Cabral, em 26 de abril de 1500.

Fundada no alto de um platô, Santa Cruz Cabrália ainda hoje conserva seu casario colonial de 1535, data oficial do seu nascimento. A cidade é dividida em parte Alta e Baixa, seguindo uma tradição lusitana. O Centro Histórico, na praça da Matriz, destaca-se pelas edificações seculares da Igreja de Nossa Senhora da Conceição e da Casa de Câmara e Cadeia,  o mais antigo conjunto arquitetônico do município.

Santa Cruz Cabrália – a apenas 23 quilômetros de Porto – tem muito a oferecer aos turistas. Além de cenário da primeira missa rezada no Brasil, em 1500 – uma cruz simbólica demarca o local na praia de Coroa Vermelha – tem paisagens típicas do Sul da Bahia, emolduradas por um mar de águas cristalinas protegido por recifes e vegetação de mata Atlântica.

Foi deste paraíso natural, que o casal porciunculense Sebastião e Rosana postaram essas belas fotos:

cab12 cab13 cab20 cab21 cab19 cab18 cab14 cab17 cab8 cab23 cab16 cab10 cab4 cab5 cab6 cab2 cab9 cab15 cab22 cab7 cab1 cab24 cab25
cab3
cab26

“Hoje conhecemos a orla ao norte. Barracas à beira mar, Santa Cruz Cabrália, Coroa Vermelha. Memorial e Epopeia do Descobrimento – um local super interessante que concretiza o projeto de uma coordenadora pedagógica (a nau capitânia valeu o sol nos ombros).

Cidade Histórica, primeiras edificações destas terras, comércio, flanelinhas, ambulantes, feirinhas e água de coco. Viagem no tempo e na (entrelinhas da) História que os guias aprenderam a discertar para os turistas.
Tempo, tempo, tempo, tempo…
E do alto, no marco histórico inicial de Porto Seguro, um lugar onde gringos trocam pequenas fortunas por casinhas de fachada colorida, pois este parece ser o tal lugar bonito pra viver em paz… sem ter que ir além do horizonte… basta tê-lo como vizinho de frente!

Há 514 anos e o dia de hoje!”

Rosana Neves.

 

Veja também

Férias: O que verificar antes de por o carro na estrada

Finalmente chegou a época mais esperada do ano: O período de férias! . É hora …

Guarapari: Picolé chega de prancha ao mar

Um vendedor de picolé teve uma boa ideia em Guarapari. Com as vendas fracas na …

Após “vaquinha”, avó que devia pensão alimentícia dos netos é solta na BA

  Enquanto políticos que roubam milhões estão em liberdade ou em prisão domiciliar… A trabalhadora …

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: