Home » Destaques » Os juízes do Facebook já deram seu veredito: CULPADOS!

Os juízes do Facebook já deram seu veredito: CULPADOS!

Acompanhando as redes sociais, confesso que tenho me assustado com o teor dos comentários e opiniões sobre o triste acontecimento ocorrido em Itaperuna, no início da manhã de sábado, que teve como consequência, um jovem porciunculense internado em estado gravíssimo no HSJA, após uma suposta briga em um estacionamento próximo a uma casa de shows naquela cidade.

Apesar de o fato ter ocorrido há 4 dias, sua repercussão tem evoluído de forma preocupante nas redes, onde o assunto passou a ser conversa obrigatória.

Por falta de informações oficiais do que teria realmente ocorrido naquele trágico fim de festa, as opiniões e comentários, tem evoluído para níveis preocupantes, fazendo começar a florescer uma falsa/suposta rivalidade, que nunca existiu antes, entre porciunculenses e itaperunenses.

Em quase a totalidade das conversas, não se vê um comentário pedindo uma rigorosa apuração dos fatos e sim, em uma completa inversão de valores, pessoas pedindo condenação exemplar para os que tiveram seus nomes citados como envolvidos no triste episódio, mesmo antes de saberem ao certo, qual foi o papel de cada um no caso.

Para alguns amigos dos supostos agressores, também baseado em comentários, o causador seria a vítima, que teria importunado a namorada ou amiga de um dos envolvidos.

Para os porciunculenses, uma covardia brutal contra um jovem exemplar e extremamente conceituado no município.

Independente da versão de ambas as partes, o veredito dos juízes de Facebook já foi dado a todos: Culpados!

A pressa em esclarecer o caso, a comoção pelo grave estado de saúde do jovem porciunculense e a falta de maiores informações, sobre o que de fato aconteceu naquela trágica manhã de sábado, tem sido ingredientes potencialmente nocivos para todos.

A indignação de grande parte dos porciunculenses que conhecem Hiroyuki até pode ser entendida, mas não incentivada.  Mesmo com os indícios e as primeiras informações afirmarem que o que ocorreu não foi apenas uma briga, o sentimento de revolta em nada vai ajuda-lo neste delicado momento. Vamos transformar nossos pensamentos em fluidos positivos para Hiro. É momento de orar pela recuperação dele.

Vamos deixar a polícia fazer seu papel, vamos deixar a justiça fazer o seu trabalho e apurar responsabilidades e aí sim, depois de tudo esclarecido, cobrar uma punição exemplar, para os que forem culpados. Doa a quem doer!

 

 Val Oliveira

Veja também

PORCIUNCULENSE LANÇA LIVRO DE POESIAS

Noite de apresentação e autógrafos da obra “Nas Entrelinhas”, do professor, escritor e poeta porciunculense Altair José …

Vinnícius Coutinho é ouro na Inglaterra

Atleta Vinnícius Coutinho leva a bandeira de Porciúncula ao lugar mais alto do pódio em …

Carta de despedida a Campos dos Goytacases

Em nossa Coluna do Leitor, o Blog do Tribuna publica um artigo muito bem humorado …