Home » Destaques » Pastor questiona Lei da Câmara na Tribuna Popular

Pastor questiona Lei da Câmara na Tribuna Popular

Pastor questiona Lei da Câmara na Tribuna Popular. Lei consagra o município de Porciúncula a Nossa Senhora de Aparecida

Na quinta-feira, 19 de outubro, o Reverendo Leandro Cypriano Queiroz, pastor da Igreja Metodista de Porciúncula, se dirigiu a Câmara Municipal de Porciúncula, onde protocolou uma solicitação para ocupar a Tribuna Popular daquela Casa de Leis.

Segundo o requerimento, o pastor deverá falar sobre a Lei, de autoria da citada Câmara, que  consagra o município a Nossa Senhora de Aparecida.

Na sexta-feira, um periódico local divulgou a seguinte nota em suas páginas:

Sem citar a fonte, o jornal publica que “segundo comentários, o pastor quer a retirada da imagem de Nossa Senhora Aparecida do trevo de entrada da cidade”, o que fez acender uma grande polêmica, exaltando ânimos entre católicos e protestantes no município.

O assunto, que dominou as redes sociais durante todo o fim de semana no município, vem gerando debates cada vez mais acalorados entre defensores e contrários a ideia de uma possível solicitação da retirada da imagem da entrada da cidade.

O fato, é que mesmo sem o pastor ainda ter se pronunciado publicamente sobre o assunto, ou mesmo ter sido entrevistado pelo citado periódico para que desse sua versão para o caso, ou mesmo comparecido ao Plenário da Câmara para dissertar sobre sua solicitação, muitas pessoas, através das redes sociais, tem se exposto, emitindo opiniões e até mesmo antecipando “seu veredito” sobre o caso, acusando o pastor, entre outras coisas,  de intolerância religiosa.

 

Com um clima cada vez mais desagradável entre católicos e protestantes na cidade, com comentários inoportunos e até mesmo ameaçadores por parte de algumas pessoas mais exaltadas, o Blog do Tribuna  lembra uma frase de Evelyn Beatrice Hall, atribuída erroneamente a Voltaire “Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la”

A maior polêmica nas redes sociais, seria uma possível solicitação para que a imagem de N.S. Conceição Aparecida seja retirada da entrada do município. Foto: Divulgação

 

A reportagem do Blog do Tribuna  procurou o pastor Leandro Cypriano Queiroz, que declarou “A princípio a intensão é questionar a lei que consagra o município e obriga que todos os cidadãos estejam impostos sobre o que a lei estabelece. Este é o questionamento. Não questiono a liberdade de expressão religiosa, o que sempre prezei e respeito.
Questiono a lei, tanto que até o momento, não me manifestei em nenhum veículo de comunicação, entendendo que o questionamento cabe à Casa Legislativa
O que ocorre hoje é como se fosse um embate religioso sem sentido, baseado em ofensas e esta não é a verdade”. Disse o pastor.

Marcada para a noite desta-segunda-feira (23) na Câmara Municipal (sem um horário fixo, pois depende do fim da Seção Ordinária da Casa), a Tribuna Popular receberá o reverendo Leandro Cypriano Queiroz, que exporá sua posição sobre a já citada Lei.

Acreditamos (e esperamos) que tanto na Seção da Câmara, quanto durante a fala do inscrito na Tribuna, o público presente se mantenha em clima de civilidade e respeito e que aqueles, que por algum propósito, estejam tentando fomentar um embate descabido e desnecessário entre católicos e protestantes, reflitam se é realmente isto, o que Deus quer que aconteça.

Val Oliveira / Blog do Tribuna

 

Veja também

Acidente na RJ 220 deixa dois mortos em Porciúncula

 Casal que viajava na motocicleta era do município de Tombos e morreu na hora. Acidente …

Você já ouviu falar na arte naif de Ernane Cortat?

Ernane Cortat: Um artista porciunculense reconhecido no mundo e desconhecido em sua cidade. Hoje seu …

PORCIÚNCULA: REFORÇO NO COMBATE À DENGUE

Este ano, Porciúncula recebeu 16 notificações de Dengue, com dois casos confirmados. Enquanto o índice …