Home » Destaques » Pesquisa aponta que 64% dos eleitores de Marina pretendem votar em Aécio. Será?

Pesquisa aponta que 64% dos eleitores de Marina pretendem votar em Aécio. Será?

Com pouco  mais de 22 milhões de eleitores, Marina Silva pode ser “o fiel da balança” nessas eleições.

AEM2Segundo o resultado da pesquisa realizada pelo Ibope, divulgada nesta quinta-feira (9),  Marina Silva, candidata derrotada à presidência da República no primeiro turno, poderá ser o “fiel da balança” no segundo turno. Segundo o instituto, 64% dos que declaram ter votado na candidata Marina Silva (PSB) no primeiro turno pretendem votar em Aécio Neves (PSDB) no segundo e apenas 18% dos eleitores dela têm a intenção de votar em Dilma Rousseff (PT). Entre os 3.010 eleitores em 205 municípios entrevistados nos dias 7 e 8 de outubro, 10% dos que dizem ter votado em Marina devem anular ou votar em branco, enquanto 8% não opinaram.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01071/014

Dilma-e-AecioComo no primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos, ou seja, 43.267.668 votos e e Aécio, 33,55% , ou seja, 34.897.211votos, a diferença entre os dois foi apenas de 8,4%, ou seja, 8.370.457 votos.

Se concretizando a atual tendência do eleitorado, dos 22 milhões de eleitores de Marina, cerca de pouco mais de 14 milhões de votos migrariam para Aécio no segundo turno, o que, em tese, lhe renderia pouco mais de 47 milhões de voto, enquanto Dilma passaria a obter pouco mais de 2,2 milhões de votos, passando então para quase 45.500.000 de votos.( Isto, se ambos mantivessem a mesma quantidade de votos do primeiro turno entre seus eleitores).

Segundo a pesquisa Ibope, o tucano Aécio Neves, hoje, venceria as eleições com a vantagem de 1 milhão e meio de votos. Como o segundo turno apenas começou e a diferença entre os dois é muito pequena, analistas políticos acreditam que os debates na televisão poderão ser decisivos para os candidatos.

Mesmo não sendo ainda oficialmente divulgado, (o que deve ser feito neste domingo, dia 11), o apoio de Marina a Aécio é dado como quase certo, em virtude de declarações dadas pela candidata derrotada logo após o resultado do primeiro turno logo após o fechamento das urnas, em São Paulo, quando a ex-senadora deu sinais de que a condição para fechar uma aliança com o tucano passaria pela incorporação, por parte de Aécio, de pontos do programa de governo do PSB.

A marina-silva

— Sabemos que o Brasil sinalizou que não concorda com o que está aí, e sabemos que uma boa parte do Brasil, desde 2010, vem dando sustentação a uma mudança que seja qualificada — disse ela.
Questionada pela imprensa se apoiaria Aécio ou ficaria neutra no segundo turno, disse:
— A postura que eu tive quando não foi aceito registro da Rede pode ser uma tendência. Eu assumi um compromisso com a mudança indo apoiar o Eduardo Campos (…) O Brasil sinalizou que não concorda com esse projeto, que quer uma mudança qualificada, temos uma clareza do que representamos. Nós vamos fazer essa discussão, os partidos individualmente e depois vamos dialogar, mas estatisticamente a sociedade mostra isso, não há de tergiversar com o sentimento de 60% dos eleitores — disse ela.

Segundo pessoas próximas de Marina, é improvável uma aliança com Dilma Rousseff (PT), que  não escondeu ter ficado magoada com as críticas que recebeu da presidente.

Estando apenas no início do segundo turno, analistas políticos acreditam que os debates na televisão entre os dois candidatos serão decisivos para às pretensões de ambos no dia 26 de outubro, data do segundo turno das eleições mais disputadas dos últimos 25 anos.

Val Oliveira/Blog do Tribuna/ Jornal Tribuna

 

Veja também

Veja as datas e regras das eleições em 2016

Confira o calendário da disputa que elegerá prefeitos e vereadores, com as datas e regras das eleições …

Convenções partidárias serão entre 20/07 e 5/08

Eleições Municipais 2016: confira as datas para convenções partidárias e registros de candidaturas A Reforma …

TSE aprova calendário eleitoral para as eleições de 2016

 Quem quiser ser candidato no próximo ano precisa se filiar a um partido político até …

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: