Home » Destaques » Preço do Botijão de gás de cozinha custará mais caro na próxima semana

Preço do Botijão de gás de cozinha custará mais caro na próxima semana

O reajuste pode variar nos postos de venda de 6% a 12% e passa a valer a partir da próxima segunda-feira (1°/09)

001-Small58

O preço do gás de cozinha ficará mais caro a partir da próxima segunda-feira (1º). A média nacional do reajuste será de 10%.

Em nota de esclarecimento, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) ressalta que os preços do gás de cozinha não são tabelados e podem sofrer variações para cima e para baixo de maneira não uniforme.

De acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado do Rio de Janeiro (Sirgaserj), as distribuidoras aumentaram o valor por causa da inflação, gastos com o dissídio coletivo e o custo operacional.

O reajuste é anual e começa a valer sempre no dia 1º de setembro para bancar o aumento salarial dos trabalhadores das revendas de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) e despesas com fretes, pedágio e impostos, que influenciam diretamente no aumento do preço. No Rio de Janeiro, o reajuste já vem sendo aplicado pelas revendedoras desde início de agosto.

Como o mercado tem autonomia para fixar seus preços, cabe ao consumidor pesquisar aquele revendedor que tem condições comerciais mais vantajosas.

Veja também

Petrobras anuncia novo aumento do preço do gás de cozinha

Mudança passa a valer a partir das 0h desta sexta-feira (25). No início do mês …

Governo deve vetar reajuste das aposentadorias

Governo esperava apenas manter a política de reajuste do salário mínimo entre 2016 e 2019, …

Mesmo com queda nas vendas, montadoras aumentam preços

Queda nas vendas e pátios lotados não inibem montadoras que reajustam preço dos veículos novos …