Home » Destaques » Quadrilha é presa na Zona da Mata

Quadrilha é presa na Zona da Mata

 “Operação Magnata” da Polícia Civil de Muriaé é deflagrada e quadrilha é presa na Zona da Mata

Policiais civis da 4ª Delegacia Regional de Muriaé deflagraram na manhã desta quarta-feira (8) a “Operação Magnata” com foco no combate ao comércio ilegal de armas. Segundo a Polícia Civil (PC), grande quantidade de armamento foi apreendida na área central de Muriaé, na residência de um homem que foi preso, apontado como fornecedor de armas e munições para criminosos da região.

07
Armas e munições foram apreendidas na região central de Muriaé; 6 pessoas foram presas. Foto: Rádio Muriaé

Nesta terça-feira (7), cinco pessoas já haviam sido capturadas, em ao menos quatro cidades, suspeitas pela autoria de delitos como assassinatos e roubos que teriam sido praticados com armas adquiridas do suposto distribuidor detido em Muriaé.

08
Na terça (7) outras pessoas foram presas, segundo a PC, suspeitas de usar as armas em diversos crimes. Foto: Rádio Muriaé

 

A operação é fruto de uma longa investigação da equipe da Agência de Inteligência da 4ª Delegacia Regional de Muriaé, de forma integrada com delegacias da região.

Em contato com o jornalismo da Rádio Muriaé, no início da tarde desta quarta (8), o coordenador da agência, delegado Tayrony Spíndola, afirmou, em primeira mão (clique acima e ouça o áudio), que com as ações a PC desarticulou uma célula de um grupo criminoso, prendendo integrantes de duas etapas do processo. Segundo ele, o homem detido na manhã desta quarta (8) atuaria fornecendo armas e munições para os seis suspeitos presos ontem (7), que por sua vez, usavam o material para cometer diversos tipos de crimes:

Nós mapeamos a atuação desta organização criminosa. Ele tinha um braço empresarial, que foi desarticulado hoje pela manhã, que fornecia as munições e as armas. Essas seis pessoas que foram capturadas e presas ontem são os executores. É, o pessoal da ponta, que recebe essas munições e essas armas para praticar crimes de homicídio, roubo, latrocínio, estupro, tudo que você imaginar. E hoje, completamos a operação capturando o fornecedor, que abastece esses criminosos”, afirmou o delegado”.

10
Coordenador da Agência de Inteligência da Regional, delegado Tayrony Spíndola. Foto: Rádio Muriaé

Coletiva de imprensa na Regional

Em entrevista coletiva, realizada no fim da tarde desta quarta (8), na sede da Delegacia Regional de Muriaé, Tayrony Spíndola explicou que as investigações tiveram início há pelo menos 10 meses, a partir de levantamentos feitos durante apuração de casos de homicídios praticados na região.

09
A operação foi tema de coletiva na sede da Delegacia Regional de Muriaé. Foto: Rádio Muriaé

Segundo Spíndola, todos os detidos responderão por organização criminosa e tráfico ilegal de armas e munições. De acordo com ele, dois dos suspeitos foram capturados em Muriaé, e as outras prisões se deram nas cidades de Miradouro, São Francisco do Glória e Carangola (comunidade de Ponte Alta).

O delegado afirmou que ao menos oito homicídios estariam relacionados ao esquema do tráfico de armas desarticulado pela operação, e ressaltou que entre as diversas armas e munições – inclusive, de calibres de uso restrito – apreendidas nesta quarta (8), na residência do suposto fornecedor, estava uma espingarda calibre 12, tipo de arma “preferido” de um pistoleiro apontado como autor de homicídios na região, nos quais a vítimas foram mortas com tiros de calibre 12 na cabeça.

Fonte e fotos: Rádio Muriaé

Agropec-Propaganda

friaça-anuncioblog

Padaria-do-Luizinho2

Veja também

Homem é preso por matar ex-mulher em Tombos

Ele é suspeito de assassinar e carbonizar a companheira de 25 anos em Tombos. Um …

Mulher é morta a facadas por companheiro em Espera Feliz

Crime em Espera Feliz teria sido provocado por ciúmes. Companheiro da vítima, de 20 anos …

Bate-Pau é invadido por águas na madrugada

Fortes chuvas durante a madrugada alagaram as ruas das comunidades de Bate-Pau e Dona Emília, …

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: