Home » Coluna do Rabugento » Vamos comprar a Argentina?

Vamos comprar a Argentina?

1310133389983-messi-brasileiro

Normalmente não vou a bares, embora no passado eu tenha apreciado bastante esse tipo de ambiente. Na verdade ainda aprecio, pela comodidade, variedade, simpatia, alegria e outras peculiaridades diversas. Mas por priorizar outras coisas, mais o conflito cidade-grande x beber-e-dirigir, o fato é que, nos últimos anos, raramente me sentei em alguma mesa de bar. Tim-tim.

 

Hoje em dia minhas conversas de botequim migraram para as mesas do refeitório da “firma”, onde almoço diariamente com alguns colegas de trabalho.

 

Depois que a gente fica adulto, os assuntos acabam ficando mais chatos. Mas dependendo do fórum a gente até se permite voltar no tempo e ver as coisas com olhares mais juvenis e sonhadores. Esta semana ocorreu um debate interessante entre eu, o Perciani e o Zumba.

 

Estávamos nós, preocupados assistindo o Jornal Hoje informar que o governo da Argentina ia dar mais um calote em seus credores. Na prática não sei em que isso me afeta, pois não gosto de tango nem alfajor, e ao contrário de muitos, não tenho o menor interesse em conhecer Buenos Aires, que parece ser a única cidade que existe no país todo. Sou um leigo confesso sobre quase tudo no mundo, exceto futebol. Parêntese: meu maior sonho profissional é participar do Linha de Passe da ESPN Brasil. Fecha parêntese.

 

Enquanto a ESPN não me faz uma proposta, vou trabalhando num banco e me preocupando com coisas que não entendo.

 

Voltando ao calote do país sulista, eis que o Perciani deu uma idéia que achei incrível: como a economia do Brasil está em boa fase, e a Argentina mais quebrada que o Botafogo, bem que podíamos comprar a Argentina!

 

Daí passamos a elencar detalhes práticos, ou seja, os benefícios que tal aquisição nos traria.

 

– Messi e Di Maria poderiam jogar na seleção brasileira. Isso ajudaria a recuperar um pouco da nossa auto-estima-futebolesca, que anda abalada ainda pelos acontecimentos recentes;

 

– O Boca Juniors participaria do campeonato brasileiro, elevando um pouco o nível de nosso torneio local;

 

– O Papa seria, finalmente, brasileiro. Como Deus também já é, teríamos uma poderosa diretoria para assuntos divinos;

 

– Teríamos nossas próprias estações de esqui na neve!

 

Alguém mais sugere alguma vantagem? Pelo que temos ouvido falar, é capaz do negócio sair mais barato do que fazer a copa do mundo!

 

Veja também

Marcelo Rezende morre aos 65 anos

  O jornalista Marcelo Rezende foi diagnosticado com câncer no pâncreas e no fígado em maio …

IFFluminense Itaperuna: Inscrições abertas para 370 vagas

IFFluminense de Itaperuna dispõe de 370 vagas em cursos técnicos e de nível superior com inscrições …

André Moscoso, o fenômeno das redes sociais

André Moscoso: milhões de visualizações, de funk a política. Locutor paulista de 28 anos faz …

Um comentário

  1. Pingback: payday loans