Home » Destaques » “Zé Bonitinho”: É grave o estado do “perigote das mulheres”

“Zé Bonitinho”: É grave o estado do “perigote das mulheres”

O consagrado ator Jorge Loredo, criador e intérprete do célebre personagem Zé Bonitinho, está na UTI no Hospital São Lucas, no Rio de Janeiro.

jorge loredo
Zé Bonitinho. Foto: Divulgação.

 

O ator e comediante estava inicialmente em um quarto particular mas, com o agravamento de seu caso,no dia 14 foi transferido para a UTI. Segundo dados do hospital, que informou ainda não ter autorização da família para divulgar boletins médicos sobre o paciente,o seu estado é grave.

 

Apesar da idade, o ator e humorista continuou em atividade até pelo menos dois anos atrás, usando as redes sociais para contatar os fãs e divulgar a agenda de shows.

No carnaval deste ano, a Escola de Samba União da Ilha, que teve como enredo a beleza em suas várias interpretações, havia convidado Jorge Loredo para participar do desfile da escola.

 

Autor e intérprete de vários personagens de grande sucesso, foi como Zé Bonitinho, que Jorge Loredo se consagrou na televisão brasileira.

jorge loredo6
Zé Bonitinho, o perigote das mulheres, em ação. Foto:Divulgação

Dono de bordões inesquecíveis, como “Câmera, close, microfone please” e “Mulheres do meu Brasil varonil, vou dar a vocês um tostão da minha voz!”, o perigote das mulheres, como o próprio  personagem se auto intitulava, divertiu gerações com seu topete enorme e sempre ajeitando a cabeleira com um pente tão grande quanto seus óculos.

Como “Zé Bonitinho”, Jorge Loredo participou com destaque em vários programas humorísticos, com destaque no “A Praça é nossa”, no SBT.

jorge loredo8
Com Kelly Key e Carlos Alberto de Nóbrega no SBT. Foto: Divulgação.

 

 

jorge Louredo2
Jorge Loredo tem 89 anos e aniversaria em março. Foto: Divulgação.

Jorge Loredo nasceu em 7 de maio de 1925 no Rio de Janeiro. Filho de Luiza Rodrigues Loredo e do comerciante Etelvino Ignacio Loredo, Jorge foi criado no bairro de Campo Grande. Aos 12 anos foi diagnosticado com osteomielite na perna esquerda. A dor constante, só curada nos anos 70, fez de Loredo um garoto introvertido e cabisbaixo. Aos 20 anos, devido a uma tuberculose, foi internado num sanatório. O que parecia ser mais uma tragédia foi, ao contrário, sua salvação. Incentivado pelos médicos, participou de um grupo teatral no hospital e descobriu sua vocação de atorjorge loredo10

 

Após receber alta, um teste vocacional identificou tendência para “atividades exibicionistas”. Loredo procurou uma escola de teatro em busca de papéis “sérios”. A contragosto, sua primeira audição foi para representar o monólogo cômico Como Pedir uma Moça em Casamento. Aprovado, adotou o humorismo como profissão.

Inspirado em um colega metido a conquistador, criou o personagem Zé Bonitinho, um pretenso garanhão que sempre falhava na hora H, por já ter beijado muitas mulheres naquele dia.

Jorge Loredo começou a se destacar no programa “A Praça da Alegria”, interpretando o “Mendigo Filósofo”, que tinha o bordão “Como vai, meu nobre colega?”  e sua estreia na televisão foi em 1960, no programa “Noites Cariocas”, que tinha como roteirista, o grande Chico Anísio, mas foi como “Zé Bonitinho”, que o ator se consagrou.

jorge loredo 5
“Câmera, close, microfone please” O seu principal bordão. Foto: Divulgação.

Jorge Loredo foi homenageado em 2005  com o documentário “Câmera, Close”, do qual foi o tema.

Ele também atuou no cinema, participando de 12 filmes, entre eles “Sem Essa, Aranha”, de 1970, “O Abismo”, de 1977, “Chega de Saudade”, de 2008, e “O Palhaço”, de 2011.

jorge loredo11
“Mulheres do meu Brasil varonil, vou dar a vocês um tostão da minha voz!” Foto: Divulgação.

Val Oliveira/Blog do Tribuna Fonte: Wikipédia

 

 

Veja também

Descoberta a identidade de Fabrício Melgaço na novela Império.

Com o fim previsto para o próximo dia 13 de março, a novela Império, da …