Home » Destaques » Bragantino vence Barretos e mantém 100% de aproveitamento

Bragantino vence Barretos e mantém 100% de aproveitamento

Barretos joga bem no 2º tempo, assusta adversário jogando uma bola no travessão nos minutos finais, mas perde por 1×0 e cai para a 13ª colocação.

Bragança Paulista, SP, 03 (AFI) – O Bragantino não repetiu a atuação de gala da estreia, mas manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista da Série A2. Na noite desta quarta-feira, diante de pouco mais de cinco mil pessoas, o Massa Bruta sofreu para vencer o Barretos, por 1 a 0, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela segunda rodada. Thiago Santos, no início do primeiro tempo, fez o único gol da partida.

Nabizao_001_710
O Barretos enfrentou o Bragantino fora de casa. O estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, recebeu pouco mais de 5 mil torcedores. foto: Divulgação.

Na estreia, o Bragantino havia goleado o Paulista por 4 a 1, em Jundiaí. Com seis pontos em dois jogos, o time comandado por Léo Condé está na vice-liderança da competição por causa do saldo de gols – 4 contra 6 do Santo André. Já o Barretos continua sem vencer e, com apenas um ponto, está apenas na 13ª colocação.

MASSA BRUTA MELHOR

O Bragantino começou melhor e pressionando em busca do gol, tanto que perdeu uma chance incrível logo aos cinco minutos. Renan recebeu na frente do goleiro, mas finalizou pela linha de fundo. Jogando fora de casa, o Barretos se preocupava mais com a marcação. E o Massa Bruta não desperdiçaria a segunda oportunidade, aos 17. Jobinho chutou, Júnior deu rebote e Thiago Santos completou.

O técnico Léo Condé continua com 100% de aproveitamento no comando do Bragantino

O técnico Léo Condé continua com 100% de aproveitamento no comando do Bragantino

Os jogadores do Barretos partiram para cima do árbitro reclamando que Lídio estava caído e os jogadores do Bragantino não jogaram a bola para fora. Os visitantes sentiram o gol e viram o Massa Bruta tomar conta do jogo. Após cruzamento, Lincom ia aparecendo livre para finalizar, mas o goleiro adversário se antecipou ao lance e ficou com a bola.

Aos 34 minutos, Júnior Timbó mais uma vez esteve muito perto de deixar sua marca. O meia apareceu como elemento surpresa dentro da pequena área e chutou para grande defesa de Júnior. No rebote, Thiago Santos finalizou por cima. Na sequência, Ivan bateu de longe e o goleiro espalmou para escanteio. A primeira grande chegada do Barretos veio nos minutos finais. Jorge Preá arriscou e a zaga alvinegra tirou antes que a bola chegasse em Felipe.

QUE SUFOCO

O Barretos voltou mais ligado do intervalo e quase empatou logo aos três minutos. Norton invadiu a área e finalizou rasteiro. A bola passou por baixo das pernas de Felipe e explodiu na trave, assustando a torcida bragantina. Na sequência, após falha da defesa, Jorge Preá perdeu uma chance incrível, quase em cima da linha. O Bragantino estava muito desatento e o técnico Léo Condé mostrava irritação na beira do gramado.

Apesar das broncas do treinador bragantino, o Touro do Vale continuava melhor e levava muito perigo com Norton e Jorge Preá. A primeira chance do Massa Bruta na etapa final veio aos 20 minutos. Vinícius Reche fez boa jogada, invadiu a área e tentou o toque para Lincom, mas a zaga aliviou o perigo. Na sequência, Jorge Preá perdeu outra oportunidade.

Aos 38, bola cruzada para dentro da área do Barretos e ninguém apareceu para completar. Nos minutos finais, um lance polêmico deixou os ânimos exaltados. Deivid Denner foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, mas o bandeirinha já marava impedimento do atacante. Na equência, Deivid Denner aproveitou cruzamento e bateu em cima do goleiro.

Já nos acréscimos, o Barretos acertou uma bola no travessão e caiu nas mãos de Felipe. A torcida do Bragantino estava apreensiva nas arquibancadas.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela terceira rodada. O Bragantino, novamente no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, recebe o Penapolense, às 17h30. Um pouco mais cedo, às 16 horas, o Barretos enfrenta o Atlético Sorocaba, no Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba. O estádio do Galo continua interditado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

por Agência Futebol Interior

digitalnet-e1442072359157

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: